Pauliana Almeida: “O que é lombalgia?”

rrr-1

O que é lombalgia?

Conhecida popularmente como dor nas costas, a lombalgia é um conjunto de sintomas que agride a região lombar. O incomodo é causado por alguma anomalia na área e possui fatores diversos. Esta é uma das principais causas de incapacidade funcional e de morbidade, sendo somente menos frequente que a cefaleia. Possivelmente todas as pessoas virão a sofrer com este transtorno um dia, podendo acometer tanto homens quanto mulheres de ambos os sexos.

A lombalgia gera dor crônica ou aguda na região lombar. Esta é uma importante área da coluna vertebral, tendo como uma das principais funções o apoio estrutural e a manutenção da flexibilidade do corpo. Cinco vértebras compõem esta região e entre cada uma delas estão os discos de fibrocartilagem, que além de protegerem a coluna ainda impedem o atrito entre as vértebras.

2

A dor nas costas pode ser causada por uma série de fatores. Alguns são genéticos e antropológicos, por exemplo. Outros podem ser devido a atividades profissionais que exijam muito da região lombar. Maus hábitos posturais e sedentarismo são outras causas, assim como obesidade, fumo e traumas.

Qualquer anomalia que agrida a área pode desencadear este tipo de transtorno. Trabalho repetitivo, gravidez, síndromes depressivas e problemas psicossociais são outros fatores de risco. É preciso ficar atento à postura e a exercícios físicos realizados de forma incorreta. Até mesmo má qualidade do sono e fadiga podem provocar lombalgia.

Simples medidas podem ajudar a evitar casos de lombalgia. Caso a pessoa passe muito tempo de frente para o computador, por exemplo, o ideal é manter o monitor no nível dos olhos e os pés apoiados no chão. Para levantar algum objeto do solo flexione os membros inferiores de forma a manter a coluna ereta no momento de elevação. Ao carregar mochilas muito pesadas mantenha o tronco sempre reto e distribua o peso nos dois ombros. Quando for levantar da cama, primeiro se mova para o lado e depois coloque as duas pernas para fora.

Faça exercícios de alongamento e de flexibilidade, sempre com a supervisão de um profissional. Cuide bem da sua saúde e mantenha uma dieta equilibrada, já que a obesidade é um fator que contribui com lombalgias. Sedentarismo é outro motivo desencadeante, portanto, coloque o seu corpo para funcionar e pratique atividades físicas, nem que seja uma simples caminhada.

Durante viagem longas evite ficar muito tempo sentado. Evite também movimentos repetitivos e fazer força na região lombar. Diante de qualquer sinal que seu corpo possa estar lhe enviando não hesite em procurar por ajuda. Quando antes diagnosticada a doença mais efetivo será o tratamento.

Esta é uma enfermidade que possui solução na maioria dos casos. Portanto, não há motivos para passar a vida inteira com dores. Consulte um médico e descubra qual é a abordagem mais adequada para o seu caso.

Este consiste basicamente no alívio das dores- FISIOTERAPIA, na prática de exercícios físicos que melhorem o tônus muscular- PILATES e na realização de atividades que corrijam a postura- RPG.  Fármacos, como os analgésicos, são medicamentos utilizados no tratamento tanto da lombalgia aguda quanto da lombalgia crônica, sendo que apenas com prescrição médica.

A clínica Fisio Lates atende pelos planos Plansev, Amil, Bradesco Saúde, Cassi, Saúde Caixa, Viva Saúde e Camed.

Localizada em um local de fácil acesso, Rua Vital Brasil, próximo ao Colégio Presbiteriano Augusto Galvão e Associação da Ferbasa .

Contatos: email: fisiolates.centro@gmail.com

Fone : (74) 3645-2357 /(74)99120-4029

Horário de atendimento: Segunda a sexta das 8h00 às 19h00 horas

.

Pauliana Almeida Cruz

Fisioterapeuta/ Pós- graduada em Fisioterapia Dermato –Funcional/ Formação em Pilates/Formação em RPG/ Formação em Ginastica Laboral/Formação em Pericia para Fisioterapeutas.

Crefito: 89881-F


Comentários