Sebrae Bahia realiza mais de 47 mil atendimentos no primeiro trimestre de 2017

sebrae-bahia

O Sebrae Bahia realizou um total de 47,5 mil atendimentos nos primeiros três meses de 2017. O dado revela um número crescente de pessoas que estão empreendendo ou que pretendem abrir um negócio. Paralelo aos atendimentos, nesse mesmo período, foram realizadas 423 capacitações, entre cursos, palestras e oficinas, levando conteúdos ligados a gestão e empreendedorismo.

Para o superintendente do Sebrae Bahia, Adhvan Furtado, esses números evidenciam que o empreendedorismo está em alta no estado, seja como uma alternativa para superar momentos de adversidade, seja pela concretização de planos e sonhos. “Sendo por necessidade ou por oportunidade, o fato é que o baiano vem se mostrando cada vez mais empreendedor, e o Sebrae procura acompanhar as tendências e as demandas desse público, atualizando soluções e oferecendo novas ferramentas”, afirma.

Além de sua agenda de cursos e atendimentos presenciais e a distância, o Sebrae, como destaca Adhvan, acompanha as necessidades dos empreendedores baianos. Exemplo disso foi a grande novidade da instituição para esses primeiros meses do ano: o Radar Sebrae.

Lançado em março, o Radar Sebrae é uma ferramenta gratuita inovadora que oferece, em uma busca simples, diversas informações para auxiliar o empreendedor a decidir pelo melhor local para abrir um negócio. A solução foi desenvolvida a partir de uma pesquisa do Sebrae, que revelou que 46% dos empresários não sabiam o número de clientes e o hábito de consumo de seu público ao empreender. Além disso, 38% não sabiam o número de concorrentes que teriam, 37% não tinham conhecimento da melhor localização e 61% não procuraram ajuda de pessoas ou instituições para dar início a essa jornada.

O Radar tem uma base de dados de 14 cidades da Bahia: Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. De acordo com o interesse do empreendedor e o perfil do negócio que está pensando em iniciar, a solução ajuda com informações sobre locais com maiores potenciais para implantação do negócio, considerando perfil de clientes, concorrência, entre outras.

Disponível no site www.radarsebrae.com.br ou em aplicativo para Android e IOS (adquirido via Google Play ou Apple Store), desde o lançamento (em 9 de março), 15.905 pessoas já acessaram a ferramenta, sendo que 71% desses acessos foram feitos via celular.

Setores

Antenado com as especificidades de cada setor, o Sebrae também desenvolve soluções mais direcionadas, que contemplem determinadas realidades, sejam elas no aspecto regional, sejam no aspecto econômico. Uma dessas soluções é o Sebrae Conecta, um atendimento especializado em 18 áreas diferentes dos segmentos de indústria, comércio e serviço.

A solução consiste em um acompanhamento profissional, encontros setorizados, discussões estratégicas, troca de experiências e possibilita a realização de negócios entre os empresários participantes. Em cada região, o Sebrae identifica os setores com maior potencial para a realização de encontros e capacitações voltadas para áreas específicas.

Segmentos como os de materiais de construção, panificação, beleza e estética, entre outros, já foram contemplados com ações do Sebrae Conecta, nesse primeiro trimestre, em diversos municípios baianos. A primeira etapa é o chamado “Encontro com Especialista”, que, como o nome sugere, traz um especialista do segmento em questão para falar sobre oportunidades e estratégias aos empresários participantes.

Em seguida, os empresários participam do ciclo do Sebrae MEDE, que atua com consultorias focadas em resultados qualitativos e quantitativos na área de gestão do negócio, também desenvolvidas de acordo com o setor e realizadas dentro das empresas. O Sebrae Conecta contempla ainda consultorias na área de inovação, com o Sebraetec, missões empresarias e showroom de negócios.

Missão

Seguindo a tendência empreendedora do estado, o Sebrae Bahia continuará, ao longo de 2017, com seu compromisso de contribuir com a disseminação de conhecimento para fortalecer ainda mais as micro e pequenas empresas, que, hoje, chegam a mais de 600 mil, distribuídas pelo território baiano. “Vamos seguir no cumprimento de nossa missão, fomentando a cultura empreendedora e facilitando o acesso a informação e conhecimento, para que os empresários baianos possam crescer e expandir seus negócios”, finaliza o superintendente Adhvan Furtado.

.

Agência Sebrae de Notícias Bahia


Comentários