Daniel Cormier sai na frente de Brock Lesnar nas casas de apostas

Atual campeão peso-pesado e ex-detentor do título protagonizaram cena com direito a empurrão após UFC 226. DC tem pequena vantagem na preferência dos apostadores

gettyimages-993558904

Apesar de não estar oficialmente marcada, a provável luta entre Daniel Cormier e Brock Lesnar já começou a ter destaque nas bolsas de apostas após o desafio feito entre eles ainda no octógono do UFC 226. O atual campeão meio-pesado e peso-pesado do UFC saiu na vantagem na preferência dos apostadores, algo que não acontecia com DC nas últimas quatro lutas.

Na BetDSI Sportsbook, Cormier aparece com 68% de favoritismo (-260) contra 32% de Lesnar (+200). Ou seja, quem apostar $100 no atual campeão terá um lucro de $38,46 em caso de vitória e quem preferir apostar o mesmo valor no “The Beast” terá um lucro de $200 em caso de vitória.

Os rumores são de que o combate aconteça no UFC 230, dia 3 de novembro, em Nova York, mas Lesnar, que não luta desde 2016, precisa entrar novamente no programa de testes de antidoping da USADA para se credenciar a um pedido de licenciamento. Na última vez que esteve em ação no Ultimate, o ex-campeão peso-pesado venceu Mark Hunt no UFC 200, mas teve o resultado alterado para “no-contest” após falhar em exame de doping.

Daniel Cormier fez história no último sábado ao se tornar o segundo lutador do UFC a ter dois cinturões de categorias diferentes ao mesmo tempo. Com 14 lutas no MMA, o atual campeão dos meio-pesados e pesos-pesados só perdeu duas vezes na carreira, ambas para Jon Jones, mas a última teve o resultado alterado para “no-contest” após Jones falhar no exame antidoping.

Estrela do WWE, Lesnar tem nove lutas na carreira, cinco vitórias, três derrotas e um “no-contest”. O gigante se tornou campeão peso-pesado do Ultimate em 2008, após nocautear Randy Couture. Em 2011, chegou a anunciar a aposentadoria do MMA após perder para Alistair Overeem, mas retornou na edição 200 do UFC para lutar com Mark Hunt. Originalmente, venceu na decisão unânime dos juízes, mas teve o resultado alterado para “No Contest” (luta sem resultado) após testar positivo no exame antidoping.

.

Combate


Comentários