Motorista tenta atropelar travesti, avança na contramão e mata motociclista; veja vídeo

Condutor não prestou socorro a vendedor de tapiocas, estacionou em supermercado e também foi flagrado por câmera no Ceará

5896253_x720

Após tentar jogar o carro contra um travesti, com quem se desentendeu, o condutor de um carro avançou pela contramão de uma rua em Fortaleza (CE) e acabou acertando em cheio a motocicleta do vendedor de tapiocas Auricélio Lima Vieira, 55 anos. O incidente aconteceu no último dia 7 de abril, mas só agora as imagens foram divulgadas pela polícia do Ceará, que já identificou o motorista envolvido na colisão.

Victor de Carvalho Alves se apresentou dois dias depois do ocorrido, e alegou que estava fugindo de um assalto. “Ele apresentou a versão de que estava voltando da Praia de Iracema e quando chegou naquela altura foi abordado por assaltantes. Ele disse que estava fugindo de um assalto e, como é visto nas imagens, avançou a contramão e chegou a colher o motociclista. Por isso, ele não foi preso em flagrante. Estamos finalizando o inquérito para remeter o caso à Justiça”, afirmou o delegado Munguba Neto, responsável pelo caso, ao portal G1.

Segundo a família da vítima, Auricélio pilotava a moto voltando de uma entrega, quando foi atingido pelo carro modelo Hyundai Azera no cruzamento das ruas Antônio Augusto e Adolfo Siqueira. Nas imagens de câmeras de segurança na rua, é possível ver o momento em que Victor entra na rua e é atingido fortemente pelo carro. Por conta da força da colisão, Auricélio é arremessado na calçada. Ele morreu após ser socorrido por uma ambulância do Samu.

Sem prestar socorro, o motorista deixou o local e estacionou o carro em um supermercado da região, onde também foi flagrado por uma câmera de segurança. Momentos antes da colisão, num dos vídeos registrados pelas câmeras, também é possível ver que o motorista tenta alcançar outra travesti. A mesma chega a atirar uma pedra contra o dirigido por Victor.

RTEmagicC_00000_morte_moto_FOTO_divulgacao.jpg

Segundo a família de Auricélio, testemunhas relataram que o suspeito tentava atingir uma travesti que saiu do carro após uma discussão. Nas imagens das câmeras do supermercado, também é possível ver que o suspeito joga para debaixo de outro veículo uma peruca, que seria da travesti com quem ele discutiu.

Auricélio trabalhava fazendo e entregando tapiocas em diversos bairros da capital cearense. Segundo o G1, ele tinha quatro filhos de dois casamentos. A família da vítima registrou um boletim de ocorrência e contratou um advogado para acompanhar o caso. No entanto, o filho da vítima diz que até agora não recebeu respostas da polícia.

Segundo a polícia, o motorista pode ser autuado por crime de trânsito, previsto no artigo 302 do Código Penal Brasileiro (CTB), ou por homicídio doloso. As travestis que aparecem no vídeo serão ouvidas na próxima semana, quando deverá ser concluído o inquérito policial.

.

ibahia_assinatura