“Nada que a Valentina faça vai tirar esse título de mim”, garante Amanda

Campeã peso-galo do UFC quer capitalizar em cima dos erros da adversária e declara não se sentir pressionada por defender o único cinturão do Brasil na organização

Amanda Nunes fará, no próximo sábado, a sua segunda defesa do cinturão peso-galo do UFC. A adversária é uma antiga rival: Valentina Shevchenko, a quem a brasileira já derrotou, em março de 2016, na decisão unânime dos juízes. Desde que conquistou a revanche, Valentina vem provocando a campeã (as duas chegaram até a protagonizar uma encarada tensa durante um evento com a imprensa em maio). Mas no que depender da atleta baiana, nada vai abalar sua confiança. Nem mesmo o peso da responsabilidade de defender o único cinturão do Brasil no Ultimate:

– Eu sempre estou sendo pressionada de alguma forma. No UFC 200, tive aquele baque com a luta principal, do nada. O 207, contra a Ronda, foi aquela loucura toda. Essa pressão de ter o único cinturão do Brasil só me deixa mais forte para segurar esse cinturão e permanecer campeã para sempre. Nada que Valentina faça nessa luta vai tirar esse cinturão de mim, nem que eu deixe o meu sangue no octógono… Vou sair vitoriosa. Estou muito bem preparada tanto mental quanto fisicamente. Ninguém vai tirar esse cinturão de mim. Estou pronta para qualquer parada – declarou ao Combate.com durante o “Media Day” promovido pelo Ultimate nesta quinta-feira em Los Angeles.

3Amanda Nunes esbanjou confiança no evento com a imprensa: “Hoje estou com a parte mental muito forte. Nada me abala” (Foto: Evelyn Rodrigues)

Durante o bate-papo, Amanda falou sobre a preparação para o duelo e sobre os desafios que a revanche com Valentina representam ao seu reinado. A brasileira também revelou que já está se adaptando ao clima seco de Las Vegas, para onde viajou há uma semana, e garantiu que vai continuar provando para os fãs e especialistas que é a melhor atleta da divisão.

Confira abaixo, por tópicos:

Preparação

Muda alguma coisa, mas procuro manter tudo tranquilo, o foco é continuar nessa carreira durante muito tempo. A minha preparação foi ótima, sem lesão, nem nada. A lesão é o que atrapalha o treinamento. Está tudo forte, tanto em cima, quanto embaixo. A trocação, o cardio, o chão, o wrestling… Tudo está pronto para o dia da luta.

Preparo Mental

Depois do UFC 200 e do 207, sou outra atleta. Hoje estou com a parte mental muito forte. Nada me abala. Ela pode falar o que quiser, que o resultado da luta não vai mudar em nada. Eu vou sair de lá com o meu cinturão mais uma vez.

Valentina

Ela vem de duas vitórias, mas da minha luta para a última dela, não mudou em nada. Ela continua sendo a mesma atleta, mas dura. O MMA é uma caixinha de surpresas, não pode vacilar, tem que estar atento a tudo, esperar a atleta forte, porque ela virá querendo tirar o meu cinturão e tenho que estar forte para defendê-lo.

Condicionamento Físico

O meu cardio eu trabalhei mentalmente. Treinar, eu treino, estou na academia todos os dias, amo fazer isso. Treinei para dosar no momento da luta, fazer tudo no momento certo, esse era o problema do meu cansaço. Agora eu sei controlar o meu corpo através da minha mente.

Diferença para a primeira luta com Valentina

Estou mais madura, confiante. A confiança dobrou daquela luta para agora. Eu sou a campeã, eu não era ninguém, estava tentando um espaço e agora sou a campeã. Tenho que permanecer e é isso que vai acontecer.

Peso de defender o único cinturão brasileiro no UFC

Eu sempre estou sendo pressionada de alguma forma. No UFC 200, tive aquele baque com a luta principal, do nada. O 207, contra a Ronda, foi aquela loucura toda. Essa pressão de ter o único cinturão do Brasil só me deixa mais forte para segurar esse cinturão e permanecer campeã para sempre. Nada que Valentina faça nessa luta vai tirar esse cinturão de mim, nem que eu deixe o meu sangue no octógono… Vou sair vitoriosa. Estou muito bem preparada tanto mental quanto fisicamente. Ninguém vai tirar esse cinturão de mim.

32Amanda Nunes e Valentina Shevchenko fazem a luta principal do UFC 213 (Foto: Evelyn Rodrigues)

Palpite

Estou pronta para qualquer parada. Se tiver oportunidade do nocaute ou da finalização, estarei preparada para qualquer vacilo da Valentina.

Carinho dos fãs

Tudo tem seu tempo, tenho que continuar provando que sou a melhor. Tem que ser devagar, as pessoas vão entender no futuro. Eu não quero que o UFC esteja me promovendo por nada. Isso leva um tempo. Hoje sou campeã. Eu não era ninguém, hoje sou campeã. Daqui pra frente tudo vai mudar.

O Combate transmite o UFC 213 no sábado, dia 08 de julho, direto de Las Vegas a partir das 19h15 (horário de Brasília), com Tempo Real e transmissão das duas primeiras lutas em vídeo também no Combate.com. Na sexta, 07 de julho, Canal e site transmitem a pesagem do evento a partir das 18h00 e, a partir das 19h00, haverá transmissão do TUF Finale 25. A pesagem do TUF Finale acontece na quinta-feira, 06 de julho, a partir das 19h55, também com transmissão pelo Canal e site.

TUF 25 Finale
7 de julho, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 22h, horário de Brasília):
Peso-leve: Michael Johnson x Justin Gaethje
Final do TUF 25 (peso-meio-médio): Dhiego Lima x Finalista 2
Peso-leve: Marc Diakiese x Drakkar Klose
Peso-meio-pesado: Jared Cannonier x Steve Bossé
Peso-médio: Brad Tavares x Elias Theodorou
Peso-meio-pesado: Jordan Johnson x Marcel Fortuna
CARD PRELIMINAR (a partir de 19h, horário de Brasília):
Peso-palha: Angela Hill x Ashley Yoder
Peso-médio: Ed Herman x CB Dollaway
Peso-galo: Jessica Eye x Aspen Ladd
Peso-pena: Gray Maynard x Teruto Ishihara
Peso-palha: Tecia Torres x Juliana Lima

UFC 213
8 de julho, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-galo: Amanda Nunes x Valentina Shevchenko
Peso-médio: Yoel Romero x Robert Whittaker
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Alistair Overeem
Peso-leve: Anthony Pettis x Jim Miller
CARD PRELIMINAR (a partir de 20h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Travis Browne x Alexey Oliynyk
Peso-meio-médio: Chad Laprise x Brian Camozzi
Peso-pesado: Daniel Omielanczuk x Curtis Blaydes
Peso-meio-médio: Jordan Mein x Belal Muhammad
Peso-galo: Rob Font x Douglas D’Silva
Peso-médio: Thiago Marreta x Gerald Meerschaert

.

Combate


Comentários