Flamengo e Corinthians tentam driblar problemas no ataque na semifinal

Rivais por uma vaga na final da Copa do Brasil, equipes não conseguem encontrar substitutos ideais para Guerrero e Jô. Nenhum dos dois tem um homem de área como titular fixo

Rivais na disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil, Flamengo e Corinthiansenfrentaram alguns percalços ao longo da temporada. Alguns deles, inclusive, têm certa semelhança. A ausência de um goleador absoluto é um dos problemas. As duas equipes penam em 2018 para encontrar um substituto para os antigos camisas 9, Guerrero e Jô.

Do lado carioca, nomes como Éverton Ribeiro, Diego e Paquetá costumam assumir a função de balançar as redes. Dos paulistas, Jadson e Romero aparecem com mais frequência. Mas, para ambos, a posição tem sido um problema que se reflete na falta de efetividade dos times recentemente. Resta saber se algum deles vai superar esse obstáculo no duelo decisivo desta semana.

O primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil será nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. O jogo de volta será dia 26, na Arena Corinthians.

Flamengo: três nomes, uma vaga e a busca por uma afirmação

”Enquanto eles não se afirmam, vamos buscando”. Assim o técnico Maurício Barbieri resumiu, na semana passada, a sua busca pelo centroavante titular do Flamengo. Nos últimos quatro jogos, Barbieri não repetiu nomes na posição. Em um deles, optou até por improvisar Vitinho. O treinador explica que a ideia, por ora, é ir trocando de acordo com o adversário. Vale ressaltar que a forma como o time vem jogando há algum tempo não prioriza a busca pelo homem de área.

Dourado também foi alvo do Corinthians

Artilheiro pelo Fluminense no ano passado, Henrique Dourado esteve na mira do Corinthians no início do ano. Ao entrar na briga, o Rubro-Negro abriu o bolso e levou a melhor na disputa pelo reforço. Era a solução encontrada para suprir a ausência de Paolo Guerrero, que cumpria suspensão na época.

12_LyLSP0GHenrique Dourado comemora gol pelo Flamengo (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

Apresentando com pompas, o Ceifador foi o centroavante que mais atuou no ano pelo clube, mas não se firmou totalmente e ainda enfrenta desconfiança da torcida – mesmo tendo tido um início com boa média de gols. Atualmente, soma 35 jogos e 11 gols.

Uribe chegou com status de goleador mas ainda não se firmou

Com o fim do contrato de Guerrero no meio da temporada, o Flamengo voltou a buscar um atacante no mercado. Mais uma vez, o clube abriu o bolso e trouxe o colombiano Fernando Uribe para a posição. Ele veio com fama de goleador durante sua passagem no futebol mexicano, mas entrou em 11 jogos e marcou apenas um gol.

A terceira e bastante utilizada alternativa é o jovem Lincoln. Considerado uma joia das categorias de base, o atacante de 17 anos é opção constante durante jogos e chegou a ser titular na semana passada, na derrota para o Internacional.

foto_23_AC47XgBUribe não vem tendo um bom desempenho com a camisa do Flamengo
(Foto: Alexandre Durão/GloboEsporte.com)

Corinthians: clube ainda é órfão de Jô

O problema no ataque corintiano não é recente. Desde o começo do ano o clube procura um substituto para Jô, artilheiro do Brasileirão de 2017 que foi vendido ao Nagoya Grampus, do Japão.

Na campanha do título paulista, o técnico Fábio Carille apostou num esquema sem centroavante e obteve êxito. Osmar Loss, que o substituiu, tentou repetir a dose, mas não conseguiu o mesmo sucesso. Agora, Jair Ventura inicia sua passagem pelo Timão tendo de lidar novamente com esta questão. Quem colocar no comando de ataque alvinegro?

Em 58 jogos em 2018, o Corinthians marcou 75 gols, média de 1,29 por partida.

age20180717081_dcGVqieJonathas é a principal opção de Jair Ventura para o ataque contra o Flamengo
(Foto: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo)

Nova mudança nesta quarta

Quase cinco meses após chegar ao Corinthians, Roger ainda não correspondeu às expectativas. Em 19 jogos, o atacante marcou apenas quatro gols e não conseguiu se firmar como titular.

O camisa 9 foi titular nas últimas partidas, mas ficará fora da partida contra o Flamengo porque disputou a Copa do Brasil pelo Internacional e não pode defender o Timão no torneio.

A tendência é que ele seja substituído por Jonathas, que está recuperado de lesão e entrou no segundo tempo do clássico contra o Palmeiras, no último domingo. Contratado durante a Copa do Mundo, o camisa 7 sofreu com lesões e disputou apenas sete partidas pelo Timão, tendo anotado somente um gol.

.

Globoesporte.com


Comentários