Bahia passa Vitória no ranking nacional de clubes; Palmeiras lidera

Tricolor é o melhor nordestino na lista

A CBF divulgou nesta quarta-feira (5) o Ranking Nacional dos Clubes 2019, que tem o Palmeiras como líder isolado. Na edição 2018, o atual campeão brasileiro dividia a liderança com o Cruzeiro. A lista traz novidade para o futebol baiano, já que o Bahia ultrapassou o Vitória e o Sport e agora é o melhor clube nordestino na lista.

csm_edigar_e67ab9c440

O tricolor saltou do 21º para o 15º lugar, com 8.862 pontos, enquanto o Vitória subiu uma casa, de 18º para 17º, com 8.329. Entre a dupla Ba-Vi está o Sport, com 8.450.

O ranking nacional leva em conta o desempenho dos times no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil nos últimos cinco anos. Este é o motivo da alta tricolor, que terminou a Série A em 11º lugar e foi até as quartas de final da Copa do Brasil, enquanto Vitória e Sport foram rebaixados na liga e eliminados em fases anteriores do torneio mata-mata.

O Vitória ganhou posições de Coritiba e Ponte Preta, que jogaram a Série B em 2018, e perdeu para o Bahia, que passou, além desse trio, o Atlético Goianiense, o Figueirense e o Sport.

Por ordem, do primeiro ao décimo colocados, os clubes são: Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio, Santos, Corinthians, Flamengo, Atlético Mineiro, Atlético Paranaense, Internacional e Chapecoense. À frente dos baianos também estão Botafogo (11º), São Paulo (12º), Fluminense (13º) e Vasco (14º).

No top-5, além do Palmeiras ter se desgarrado do Cruzeiro, a outra alteração foi a entrada do Corinthians no quinto lugar, desbancando o Atlético Mineiro, que caiu para sétimo. Grêmio e Santos permanecem em terceiro e quarto, respectivamente.

Os outros times baianos no ranking são Juazeirense (67º), com 1.176 pontos; Fluminense de Feira (82º), com 828; Vitória da Conquista (100º), com 641; Jacuipense (132º), com 422, Jacobina (178º), com 204; Galícia (187º), com 153; Colo Colo (194º), com 104 pontos; Serrano (196º), com 102; Bahia de Feira e Juazeiro (empatados em 218º), com 25 pontos.

A manutenção como terceira força do estado é importante para a Juazeirense, que aumenta a chance de disputar a Copa do Nordeste 2020 (mesmo que na fase preliminar) porque as três vagas da Bahia são destinadas ao campeão baiano de 2019 e aos dois clubes melhores colocados no ranking. Ou seja, o Cancão só ficará fora do regional em 2020 se o próximo campeão baiano não for Bahia, Vitória nem a própria Juazeirense.

Clique aqui para ver o ranking nacional de clubes.

A CBF divulgou também o Ranking Nacional das Federações 2019, no qual a única alteração no top-10 é que a Bahia tomou o oitavo lugar de Goiás, que caiu para nono. Do primeiro ao décimo, a lista tem: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco, Bahia, Goiás e Ceará.

.

RTEmagicC_c6cebb5f20.gif


Comentários